quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Pois é, Pois é, Pois é

O personagem do VI Alegrai-vos é a CHIQUINHA. Aquela menininha sapeca e muito carismática do Chaves. A Chiquinha se encaixa perfeitamente como personagem da nossa Gincana, ela é animada, arteira, divertida, engraçada e muuuuuito legal. É um personagem comum e que faz parte da nossa infância. Ela tornará o nosso evento muito mais belo. Viva a Chiquinha! E Alegrai-vos!

     A princípio, o regulamento da gincana só estará disponível para envio por e-mail a partir de sábado dia 17 de dezembro. As equipes que solicitarem por e-mail (elivalter.negreiros@gmail.com) o regulamento receberão o arquivo para impressão. Apenas uma cópia impressa ficará comigo para breve leitura dos que se interessarem ou quiserem tirar dúvidas. As fichas de inscrição também estão comigo.
      Segue abaixo todas as provas pré- determinadas e extras que teremos nessa VI edição do Alegrai-vos, as regras básicas e datas para a realização destas provas estão no regulamento. São elas:

Provas Pré-determinadas: Alimentos, Canjica, Chiquinha, Grito de Guerra e Malabares.

Provas Extras: Doação de Sangue e ou Medula, Rifas, Amiga da Onça, Vôlei, Queimada, Um dia para ser Feliz sempre, Abraços Grátis, Rali, Maratona, Ação Solidária, Fotos, Enquete, Futebol de Botão e Coreografia.

Por enquanto, isso é tudo pessoal!
Abraços!!!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Anuncio VI Alegrai-vos

Que a alegria do Senhor seja a vossa força!


O Coral Caminhando com Maria anuncia a abertura das inscrições para o VI ALEGRAI-VOS.

As fichas estarão dispostas do dia 01/12/2011 até o dia 01/05/2012 com os membros do Coral.

Lembrando que o número mínimo de participantes por equipe é de 15 e o máximo de 25 pessoas mais um casal de Tios. O preço por pessoa inscrita é de R$ 3,00 (três reais).

O VI ALEGRAI-VOS será no dia 27/05/2011, mas, haverão algumas provas EXTRAS, PREDETERMINADAS e opcionais antes do dia da gincana.

O tempo é curto, então juntem todos e sejam felizes.

As inscrições também serão feitas por e-mail. Basta solicitar a ficha de inscrição no seguinte e-mail: elivalter.negreiros@gmail.com

Ajudem-nos a divulgar o evento. Muitos dependem da sua alegria para sorrir!!!

Qualquer dúvida é só perguntar.

Fique por dentro de tudo que acontece: http://elivalter.blogspot.com/ pelo twitter http://twitter.com/@Elinegreiros e Facebook: http://facebook.com/EliNegreiros algumas provas serão anunciadas nesses endereços.

“Democracia é dar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, isso depende de cada um”. (Mario Quintana)

Contamos com as tradicionais equipes e com as novas que se formarão. Não deixe de participar.

Que a alegria do Senhor seja a vossa motivação e força.

Alegria! Alegria!


Atenciosamente

Coral Caminhando com Maria

“Ao Deus Uno e trino demos a Alegria do Louvor”. São Tomás de Aquino

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Sigo aprendendo

     Esses dias pensei muito a respeito da minha missão como catequista. Como é bom fazer um flash back desde quando começamos até agora. Lá se vai o tempo, arrastando tudo e fazendo tudo novo de novo. Quando fui chamado a ser catequista fiquei muito preocupado em qual tipo de catequista eu seria. Então, criei uma meta para mim, corri atrás (e ainda corro) e procuro fazer o meu melhor em tudo que faço. Nem sempre consigo, mas tudo é escola para melhorar. Hoje, a única diferença é que o tempo me ajudou e eu me sinto muito bem e mais confortável nessa missão. Acredito que ser catequista não é ser “O” teólogo é ser testemunha, mesmo que pequeno. É está aberto a exercer a missão, o dom... É crescer.

     O nosso caminhar constante, é essencial para ir ao encontro com os jovens ansiosos por tudo que se apresente a eles. E esse tudo nem sempre é bom. É também ir de encontro contra tudo que nos tira do nosso caminho. Temos que ter responsabilidade ao caminhar. Às vezes não dá pra esperar e temos que seguir mesmo sem saber o que nos aguarda. A compreensão, a coragem e a paciência foram minhas companheiras durante esses anos como catequista. Sempre encontrei entre os catequizandos alguém que esperava algo. Não que me esperassem, mas esperavam que eu fizesse cumprir a minha missão com amor. Assim, Deus foi lapidando a pedra bruta que há em mim. Vi em todos a possibilidade de serem transformados, inclusive eu. Não faço semelhanças entre eles, pois cada um tem suas individualidades e potencialidades é só saber direcionar e bem aproveitá-las. Mantenho a minha vontade firme, quero melhorar a cada nova catequese, até onde me for permitido ir.

     Experimentei muitas derrotas, mas hoje posso dizer que fiz o meu melhor. Acreditei no potencial de cada um. O catequista deve estimular, provocar e desafiar os seus catequizandos. A palavra deve ser continuada. Se não posso ajudar um catequizando a receber o sacramento, então não sirvo como catequista. A minha missão é aproximar as pessoas de Jesus. Não devemos dificultar as coisas. Enquanto estamos dificultando o mundo facilita. Daí, perdemos almas pela falta de sabedoria, por não sabermos qual é o verdadeiro sentido da missão do catequista.

     Me aproximei para ouvir, participar, sofrer e alegrar-me com todos eles. Tenho que aceitá-los, mesmo que às vezes não seja aceito. Se um deles não vence a derrota também é minha. Se um crismando meu não conseguir crismar, então não fiz um bom trabalho como catequista. Sei que é difícil, mas tenho que aceitar. Vamos refletir sobre a nossa vocação e missão. Temos que reavaliar os nossos conceitos. Estamos aqui para aproximar as pessoas de Cristo e não para afastá-las. Você, que de alguma forma é catequista, reflita! Se todos não conseguiram, tem alguma coisa errada. Nem sempre podemos ganhar isso é fato, mas é preciso perceber os nossos catequizandos. Quais são as dificuldades deles e ajudá-los. Esse ano eu não consegui todos, então a minha vitória não foi completa. É difícil, nem todos querem ser ajudados, mas dá pra tentar ser melhor.

A igreja está em nós! Tudo que semearmos certamente colheremos!

Eli Negreiros

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Arthur

Tão lindo menino chegará com a luz. Na graça de Deus, na espera da vida e nos sorrisos largos. Acende no mundo uma bela canção, um eterno amor. Os raios do sol se unem em um, se tornam um príncipe chamado ARTHUR...


quinta-feira, 7 de julho de 2011

A maior Alegria do mundo

   Como é bom carregar o céu comigo, um tesouro, uma bela voz. Cada respirar, cada passo, cada palavra, todos os momentos e os sorrisos que ainda não sei como são. Parecem balançar o meu ser. A voz que escuto é assim, cheia de esperança e amor. Agora fico esperando uma imensidão de beijos e abraços.
     Já caminha comigo, pois é caminhando que te espero. Se eu pudesse desenhar o amanhã, ele seria a mais linda obra de arte. Agora tudo se renova tudo se enche de graça e sentido.
     Numa noite me chamava, pedia para chegar mais perto e conversar. O único acordado ali era eu, vigiando o jeito como se formava. Um rio nascia nos olhos.
     Já tenho uma ideia mais madura e melhor do que me espera a vida adiante. Volto a olhar para o sol. Tão pouco tempo e já conheço a tua linguagem e o teu coração amigo. Agora o amor me encontra. O tempo esconde as feições e toda beleza permeia a minha memória.
     Hoje divido com vocês minha vida, meu futuro e minhas orações. Karine e eu fizemos um desenho lindo, nele tem pedacinhos do sol.
     Recebi um bilhete de Deus. Serei Papai!



segunda-feira, 6 de junho de 2011

Alegria Geral III

Fotos, fotos e fotos. Quando as vejo, vou me empolgando e as idéias vão negoçando. Entre vivos e felizes, esse dia vou show. E ainda vai ecoar por muito tempo.



















Deveríamos ganhar ao menos uma medalha. Um dia quem sabe... hehehe

Braços abertos para aqueles abraços apertados!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Alegria Geral II


Mais alguns registros desse dia histórico, hehehe. Tudo lindo.
Concentração das Águias.
























Abaixo... ããããã fotos legais não acham? Dessa vez eu não falei nada.


Carta para o abandono

Intragável senhor,    Se soubesses como és desagradável me pouparia de sua companhia. Se ao menos soubesse evitá-lo... mas és um senh...