quarta-feira, 25 de março de 2009

Enquanto isso na sala de enigmas...

...constataram que o dinheiro era muito e um só. Os pardais voavam e colhiam papos. E juntavam e contavam e muitos "avam". E havia...: Quem falasse, quem mentisse, quem sentisse, quem "sesse" e quem não "sesse". E quem era? E quem foi? E quem não foi?
Surto! Safado, ladrão sem motivo. Roubava alegria. E Dona Maroca fofocava. Um bêbado e a Garçonete. O guarda, uma prostituta? No formigueiro, Zé Tutano pardalizava tudo. O dentista colocava sorriso na Boutique de Beth Garrucha, aquela mão de vaca! E varria o que gerenciava. E aquele que roubava?!
Junta tudo, porque o carro velho vai sair e o telefone vai tocar. Suvaco Molhado?..., no ônibus mataram o sorriso... Dois Irmãos. A e D, O E D Q, livros, Cd's, dinheiro e só. O número é alto mas, dá pra calcular.
Roubaram muito e um só. Eu já sei quem foi. e você? E pode ser tudo... e pode ser nada! Sabe-se lá, vai que tenha.
Comente. Pergunte. Participe.

Alegria! Alegria!

Carta para o abandono

Intragável senhor,    Se soubesses como és desagradável me pouparia de sua companhia. Se ao menos soubesse evitá-lo... mas és um senh...